Primeiro óculos!

Notícia publicada em 6 junho, 2017

Oieeee, e quem vai postar hoje sou eu a Cázinha e inaugurando o primeiro post no blog vou contar pra vocês como descobri que o Bernardo precisava usar óculos (pra quem já viu foto dele, ele começou a usar recentemente).

Para quem não sabe o Ber tem três anos, ele é um pouco mais novo do que o Fran, e recentemente soubemos que ele teria que usar óculos. E a pergunta que mais escutei foi: ‘mas como você descobriu que ele precisava? ele falou?’. E a resposta é: contei com ajuda da escola para descobrir que ele precisava.

O Ber sempre foi muito agitado, bagunçeiro mesmo rs e adiantado para a idade dele, ele entrou na escola aos 11 meses, aprendeu a andar logo que entrou a falar também e sempre conviveu com crianças mais velhas que ele, e a partir dos dois anos passei a notar que o comportamento dele estava mudando de forma negativa, dizem sobre aqueles terrible two né? achei que era isso. Porque tinham dias que ele era o doce de criança de sempre mas na maioria dos dias eu me perguntava:” o que estou fazendo de errado?” o papai também compartilhava do mesmo sentimento. Ano passado foi um ano díficil na escola, porque o Bernardo estava adiantado um ano (depois faço outro post sobre isso) e não estava acompanhando a turma e como ele estava com dificuldades isso refletia no comportamento dele e então decidimos que ele ficaria retido no próximo ano, pois naquele ele não tinha absolvido muita coisa.

Pois bem, o ano começou e a ansiedade era que agora mais maduro rs ele iria acompanhar a turma dele e em consequência o comportamento ia melhorar… eeee pá, nada disso aconteceu, o feedback da Professora do Bernardo no primeiro trimestre foi negativo, a falta de interesse era grande, ele não ficava sentado nem que a vaca cantasse e pulasse na frente dele. A atenção era zero, o interesse era menos ainda e ai começamos a nos preocupar, porque afinal ele estava na turma certa, em casa o comportamento dele tinha mudado já, não sabiamos o que fazer.. até que um dia eu comentei isso com meu pai e ele me perguntou, você já levou o Bernardo no oftalmologista? porque pra quem não sabe eu sou bem cegueta, tenho 14 graus de miopia e astigmatismo em CADA OLHO, rs! e isso é genêtico né? e ai passei a observar ele em casa e notei que ele não tinha atenção e nem interesse nas brincadeiras que a gente colocava pra ele, nem filmes ele ficava parado pra ver, era em um limite de 20 minutos. Passei adiante essa informação para a escola e a professora passou a reparar que ele tinha dificuldades em realizar algumas atividades. Nesse meio tempo já tinha marcado a consulta com oftalmo, até que na consulta e os exames prontos, tivemos a certeza de que ele precisaria usar óculos.

E a segunda pergunta que mais ouço: ‘ele se adaptou bem? fica com ele o tempo todo?’. SIM! Ele passou a ver né? a primeira frase dele foi: – mamãe tô vendo tudo diferente e então perguntei: – diferente bom ou ruim filho? e a resposta dele foi incrível: -mamãe to vendo tudo, muito legal. Nesse momento até me senti culpada pelas broncas que dava achando que era uma questão de comportamento =(.

E desde então ele não tira o óculos para nada, o desenvolvimente dele deu um salto gigante, o retorno da escola foi e esta sendo incrível. Então a dica que eu posso dar é, observem os nossos pequenos, ás vezes na correria do dia-dia achamos que tudo é mãnha, ou falta de educação, ou de limites, mesmo sabendo que damos limites e até em excesso. A ajuda da escola foi primordial, sou muito suspeita para falar delas, mas sou apaixonada por cada pessoa da escola do Ber que também é a mesma do Fran, rs. E não é porque sou a mãe dele, mas ele não ficou um charme com esse óculos?!

quem guenta essa pose gente?

 

 

*